Corpo de cão farejador morto no Afeganistão, será repatriado com corpo de seu treinador

Theo, um springer spaniel de quase dois anos, trabalhava identificando explosivos para as tropas britânicas, no Afeganistão. Ele trabalhava em conjunto com o cabo escocês Liam Tasker, do vilarejo de Kirkcaldy, próximo de Edimburgo.

O cabo de 26 anos e Theo , morreram no dia 01/03/11 durante uma troca de tiros com o Talebã, durante uma patrulha em uma área na província de Helmand, uma das mais problemáticas do país

Um porta-voz do Ministério da Defesa disse que, tecnicamente, cães que morrem durante sua função no Exército não são repatriados, "mas ambos retornarão para o Reino Unido no mesmo dia e no mesmo avião".

Theo havia sido elogiado recentemente pelo governo Britânico por ter descoberto 14 vezes, bombas e armas escondidas, em apenas cinco meses. O que é um recorde para um cão farejador.

Fonte: BBC Brasil.com

04 de março de 2011

Voltar